Peixe-elétrico #09

Amazon

 

Apple

 

Google Play

 

Kobo

Livraria Cultura

Baixe a Peixe-elétrico #09 na loja de sua preferência:

 

Nesta edição:

 

O grande engodo – MARCOS NOBRE

O cientista político pensa a chegada da extrema-direita no mundo e no Brasil, os impasses das ciências humanas para entender a realidade atual, o esvaziamento da ideia de futuro e o papel das lutas identitárias em cenário de esgotamento democrático.

Olhar como construção – AGNALDO FARIAS E TUCA VIEIRA

O crítico e professor da FAU analisa o ensaio fotográfico Dead End, de Tuca Vieira, que ilustra esta edição da revista. Gentrificação e arquitetura são os termos principais do jogo do olhar entre o dado e o construído.

Cágado – ANA PAULA PACHECO

Entra em cena o nonsense nessa comédia ligeira como tentativa de dar conta do momento Bolsonaro do país.

Freud como grão-burguês e o patriarcado na psicanálise – ALESSANDRA MARTINS PARENTE

A psicanalista se debruça sobre o “Moisés” de Freud seguindo os passos de Walter Benjamin e Willy Haas em “De cidadão do mundo a grão-burguês”.

 

Ensaio sobre a origem das línguas – JEAN-JACQUES ROUSSEAU

Nova tradução e na íntegra do ensaio clássico.

 

Dossiê Literatura – ADRIANO SCHWARTZ

Organizado pelo professor de literatura contemporânea da USP, nove ensaios de jovens críticos tratam de diversas faces e questões da produção literária do pós-Segunda Guerra até hoje, no Brasil e no mundo. São eles: Athos Morais Valverde Júnior, Ellen Maria Vasconcellos, Henrique Balbi, Isabela Cordeiro Lopes, Mell Brites, Natalia Timerman, Paulo Avelino, Rafael Vaz de Souza e Wilker Sousa. Estudam, respectivamente: Ricardo Lísias, Ben Lerner, Tiago Ferro, Alejandro Zambra, Art Spiegelman, Karl Ove Knausgård, Juan José Saer, Ricardo Piglia e Georges Perec.

É o seu primeiro e-book? Clique aqui e veja o passo a passo.

  • w-facebook
  • White Instagram Icon
  • Twitter Clean